Um Ideal de Arte, Vida e Reconexão

Inspirada nos ideais de um ser humano profundamente integrado ao cosmos,

no tempo e no espaço, abordado nos antigos tratados de música e astronomia,

Sphaera Mundi Orquestra busca resgatar esse sentimento Universal de harmonia.

A experiência de assistir a um concerto deve ser transformadora.

Se o conhecimento da Astronomia ajuda-nos a sentir nossa conexão com o Universo

através do Espaço, é com a Música que nos conectamos de forma integral através
do Tempo, rompendo barreiras temporais e geográficas e promovendo

a riqueza humana através da nossa diversidade cultural. 

A proposta é que músicos e plateia sintam-se um só
nesta experiência, integrados e participantes do concerto. 

Música com excelência artística, exaltando a obra dos grandes compositores, 

desde o período barroco e clássico até estilos contemporâneos,
promovendo conexão entre as pessoas através de importantes referenciais, 

sentimentos e ideais humanos mais elevados.

É com esse propósito, de promover conexão entre nós, e (re)conexão ao
que de melhor o ser humano pode vivenciar na arte e na natureza, que nos
lançamos a esta maravilhosa aventura que é a Música!

HISTÓRIA

Com grande sucesso de público e crítica, Sphaera Mundi Orquestra estreou em abril de 2018 integrando programação de algumas das mais tradicionais séries de música, realizando concertos em teatros, museus e igrejas do estado do RS. Em 2019 a orquestra foi convidada para executar o concerto de abertura do IX Festival Internacional SESC de Música em Pelotas RS e neste mesmo ano o grande violinista italiano Emmanuele Baldini, radicado no Brasil, assumiu a direção musical, colocando a orquestra no cenário internacional das orquestras de câmara. Após o concerto de estreia sob sua direção em outubro de 2019, recebendo importante destaque pela excelência artística do trabalho apresentado, o grupo já recebeu diversos convites importantes como a participação da programação do Festival Internacional de Campos do Jordão e o de duas gravadoras internacionais, Naxos e Da Vinci Classics para gravação de dois álbuns a serem anunciados em breve. 

 

A Sphaera Mundi Orquestra é um dos núcleos artísticos administrados pela Sociedade Cultural Orfeu. A Sociedade, presidida por Márcio Cecconello, é uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em Porto Alegre  e possui caráter cultural e educativo, formada por pessoas que fomentam a cultura da Música e da Arte. Constitui-se sob a forma de instituição privada, independente, com duração e prazo indeterminado. Os projetos estão abertos para apoio financeiro de caráter privado e através de leis de incentivo fiscal.